Uma tarde em Curitiba: Trieste bate Vila Sandra de virada e assume a liderança da Suburbana

E aê piazada!

Rompemos a barreira estadual novamente. Pouco mais de um ano após aquele Novo Mundo e Uberlândia, estávamos na terra das Araucárias. Outra vez por causa de show, outra vez conseguindo colocar uma partidinha do amador de Curitiba no calendário. Mas, dessa vez, era a tão almejada (por mim) Taça Suburbana de Curitiba, um dos campeonatos amadores mais tradicionais do país, que apareceria por essas páginas.

Hospedado na casa do grande Reese, nos encaminhamos de carro até o bairro Santa Felicidade, onde, no Estádio Francisco Muraro, os locais do Trieste receberiam o Vila Sandra em confronto válido pela quarta rodada do torneio. Aliás, era de um equilíbrio notável a classificação da Suburbana nas três primeiras rodadas – apenas TRÊS PONTOS separavam o então líder Operário Pilarzinho do lanterna Palmeirinha.

DSCF9097
Trieste FC, do bairro Santa Felicidade, em Curitiba (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9103
Vila Sandra EC, da Cidade Industrial, na capital paranaense (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9112
Trio de arbitragem por conta de Cristiano Antônio Teixeira, Ivan Carlos Bohn e Alisson Alceu Bernardi Lovato; junto a eles, os capitães Igor (campeão brasileiro pelo Atlético/PR em 2001) e Vinícius (Foto: Matheus Pereira)

Já no estádio, ao adentrar o portão de acesso do campo do Francisco Muraro (ou “””Trieste Stadium”””, com muitas aspas) me juntei aos parceiros Bonassoli, do Futebol Metrópole, e Dudu, do Do Rico ao Pobre, sites que trabalham em conjunto com este que você está lendo. E sob um calor no mínimo incomum para a famosa friorenta capital paranaense, quem estava esquentando o clima era a torcida Jovem Vila, do Vila Sandra: maioria, mesmo de visitante, e contando com instrumentos, faixas e fumaça (clique nas fotos para vê-las em maior resolução).

Vale ressaltar que nós ganhamos colete de imprensa para cobrir as partidas da Suburbana – pra ser sincero, achei que a burocracia fosse maior. E no duelo dessa tarde, teríamos nada mais nada menos que DOZE repórteres cobrindo. Aprende aí, mídia de Florianópolis, como que se valoriza o futebol amador.

O jogo também teve um minuto de silêncio devido ao falecimento do meia Rodolfo, do Santíssima Trindade – que joga a Série B da Suburbana. Foi devido a um acidente de trabalho, como o Bonassoli explica aqui.

  • SE LIGA: AGORA TEM NOVIDADE NO DESPROVIDOS! TODO JOGO ELEGEREMOS UM CRAQUE DA PARTIDA, QUE FICARÁ NA FICHA TÉCNICA, E, POSTERIORMENTE, SERÁ POSTADO NO FACEBOOK UMA ENTREVISTA COM O MESMO!
DSCF9128
O grandalhão Zé Ricardo era a referência no ataque do Vila (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9149
Sobre o gramado sintético, tentativa de infiltração do time da casa (Foto: Matheus Pereira)

Com a bola rolando, o escrete triestino, repleto de ex-jogadores profissionais e com vários que atuaram pelo Novo Mundo em 2016 no jogo coberto pelo Desprovidos, foi na busca de se impôr. Aos 4 minutos, já desperdiçou uma chance inacreditável. Nos pés de Bruno Batata, centroavante ex-J. Malucelli, que, com o goleiro batido e de frente para o gol, finalizou para fora. Quem não faz toma, não é mesmo? Até no comecinho do jogo a premissa é real.

Aos 7 minutos, o Vila Sandra teve uma falta a seu favor na risca lateral da grande área. Na cobrança, o camisa 10 Nenê bateu de canhota, ela espirrou na barreira e voltou nos pés dele. Aí, amigo, ele pegou de primeira, no ângulo, fazendo um golaço que arqueiro nenhum conseguiria evitar: Vila Sandra 1 a 0, para loucura dos torcedores alvinegros presentes no Muraro.

DSCF9134
Nenê preparado para cobrar a falta – no rebote dela, ele abriu o placar do jogo (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9213
Clóvis, do Vila Sandra – que já fardou pelo CAP – protege a bola do adversário (Foto: Matheus Pereira)

Mas a comemoração dos outsiders durou pouco. Três minutos mais tarde, cobrança de escanteio pelo lado do Trieste e o lateral-zagueiro Neto subiu mais alto que a defesa adversária para igualar o placar. A partir daí, começou a EMPOLGAR o time da casa, que, três minutos depois, chegou bem com o volante Bruninho, que pegou de primeira uma inversão feita por Danilo e obrigou o goleirão do Vila Sandra a trabalhar.

+ Curta o Desprovidos de Fama no Facebook!

Seguindo num ritmo pra lá de veloz, os dois times faziam um primeiro tempo agradabilíssimo de se assistir. Aos 21, bola enfiada para o lateral Dedé, do Vila, que bateu rasteiro mas Jociel pegou em dois tempos. Aos 27, Zé Ricardo soltou um petardo e o goleirão do Trieste caiu para defender novamente. Dois minutos depois, chance do outro lado, com Marquinhos Cambalhota, que recebeu na esquerda, bateu cruzado e tirou tinta da trave. Um jogaço!

DSCF9157
Numa jogada praticamente igual a essa, saiu o gol do Trieste; aí, Neto (2) cabeceia para fora (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9196
Jociel Henrique foi bastante exigido na primeira etapa (Foto: Matheus Pereira)

A etapa inicial seguiu pra lá de corrida, com grandes chances pros dois lados. Em cobrança de falta, Marcelo Maia jogou nas redes pelo lado de fora pelo alvinegro; aos 39, o lateral Marabá, do Trieste, pegou sobra, limpou e quase marcou o segundo do time da casa. A chance mais absurda, no entanto, veio do lado dos visitantes. Tiaguinho deu um lindo drible em Jociel e perdeu o ângulo, mas foi levando a bola em diagonal e deu uma paulada para longe do gol. Era a grande chance do Vila Sandra.

A última boa chance do primeiro tempo veio aos 44, com o Trieste – Jair encheu o pé do meio da rua e tirou tinta da trave esquerda de Felipe. Además, o primeiro tempo ficou por isso: um empate e um JOGAÇO, assim mesmo, com letras garrafais, mostrando como o nível da Suburbana era alto.

DSCF9223
Chegada do Trieste, já no segundo tempo (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9228
Olha onde a bola foi parar! É mole? (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9240
Na sombra das cabines, atletas duelam pela pelota (Foto: Matheus Pereira)

Depois de aproveitar um cigarrinho e uma boa conversa com os amigos no intervalo, já era a hora da bola voltar a rolar. E quem começou ON FIRE a etapa final foi os donos da casa. A conversa, aparentemente, foi boa no vestiário, pois o Trieste voltou mandando e desmandando na partida, enquanto o Vila Sandra mostrava muito mais apatia e cansaço do que visto na etapa inicial.

E, aos seis minutos, o marcador voltou a se alterar: o centroavante Bruno Batata levou pela esquerda e foi fazendo fila, deixando três marcadores para trás até encher o pé e colocar no barbante: virada triestina, 2 a 1 no placar. Batata, aliás, foi o DONO do segundo tempo. Logo em seguida, ele deu chapéu de costas dentro da área, mas acabou finalizando para fora.

DSCF9232
Atletas comemoram o gol de Bruno Batata (meio), o da virada do time da casa (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9230
Vila Sandra tentando um respiro na etapa final (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9237
Dividida perto do círculo central (Foto: Matheus Pereira)

Aos 13, ele voltou a aparecer. Bruno Batata recebeu na área, limpou do goleiro Felipe e só rolou para seu companheiro de ataque, Marquinhos Cambalhota, concluir para o gol vazio: 3 a 1 Trieste. Depois, cruzamento lateral alçou o camisa nove mais uma vez, e ele, de cabeça, quase fez o quarto. Que jogo fazia o centroavante!

DSCF9244
Momento em que Cambalhota (11) recebe de Bruno Batata e só conclui para o gol vazio (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9278
Peleia entre Felipe Caron e Leco (Foto: Matheus Pereira)

O Vila Sandra buscava equiparar as ações e investia em lances esporádicos. Aos 23, Clóvis encheu o pé do meio da cancha, e Jociel caiu para defender. Pouco antes, o alvinegro havia assustado em finalização de Dedé. Mas era muito pouco. O Vila era alvo fácil para as investidas do Trieste, que dominava a partida.

+ Siga o Desprovidos de Fama no Instagram!

Bruno Batata, já na casa dos 30 e tantos minutos, recebeu enfiada de bola e fez Felipe pegar em dois tempos. Aliás, o coitado do goleiro do time da Cidade Industrial fez o que pôde durante o jogo, evitando um placar bem mais elástico. Com a partida praticamente já decidida, os dois times foram ancorando em campo, aguardando o apito final de Cristiano Teixeira.

DSCF9251
Nenê, autor do gol do Vila, bem que tentou levar o time à frente na etapa final (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9275
Atletas na luta pela bola (Foto: Matheus Pereira)
DSCF9280
Jociel Henrique faz cara feia na reposição de bola (Foto: Matheus Pereira)

Mas quando tudo parecia decidido, o goleirão Jociel, do Trieste, resolveu ser o protagonista. Ele interceptou uma jogada do Vila Sandra, pegando firme, e na reposição deu uma legítima assistência, de uma área a outra. A bola pingou no pé de Bruno Batata, que dominou ela com um biquinho e bateu na saída do goleiro, uma pintura.

Com o quatro a um de desvantagem no placar, a Torcida Jovem Vila continuava cantando, e assim permaneceu até o apito final de Cristiano Teixeira: Trieste 4×1 Vila Sandra, aliado à vitória do Iguaçu – maior rival do time de Santa Felicidade – sobre o Operário Pilarzinho, jogou a equipe vermelha, verde e branca pra liderança da Suburbana. O Vila, por outro lado, ocupa a décima posição na tabela.

DSCF9264
Tá elegante o Ivo Petry, treinador do Trieste? (Foto: Matheus Pereira)

FICHA TÉCNICA: Trieste 4×1 Vila Sandra

Estádio Francisco Muraro, em Curitiba (PR)
Sábado, 26/08/2017, 15h30
4ª rodada da Taça Suburbana de Curitiba 2017.
Cartões amarelos: Jair (Trieste); Dedé (Vila Sandra).
Cartões vermelhos: –
★ Craque da partida: Bruno Batata (Trieste) ★
Trieste: Jociel Henrique; Neto, Igor, Jair e Marabá; Bruninho (Roberto), Aroldo (Bodão), Edson Grilo e Danilo (Felipe Caron); Marquinhos Cambalhota (Joãozinho) e Bruno Batata.
Vila Sandra: Felipe; Cleiton (Pedro Henrique), Lela, Vinícius e Dedé; Clóvis (Tatá), Cezinha (Fabrício), Marcelo Maia (Marcos Paulo) e Nenê; Tiaguinho (Leco) e Zé Ricardo (Adriano).

O Desprovidos se despede de Curitiba por enquanto, sempre querendo voltar para essa terra de grandes amigos. Semana que vem estamos de volta na cobertura do Municipal de Floripa, mas quem sabe não retornamos, num futuro próximo, para a Suburbana? É esperar pra ver. Certo é que estamos cheio de empolgação e novidades para o que vem por aí.

Até mais ver, amigos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s